Laboratório Interdisciplinar de Direitos Humanos e Saúde divulga seu novo site

Atualizado: 1 de Out de 2020


(See below for the English version)


O conjunto de evidências empíricas, recomendações e esforços internacionais tem enfatizado o potencial da abordagem dos direitos humanos para enfrentar os desafios locais e globais da saúde coletiva, orientar, fortalecer e/ou reformular leis, políticas públicas e práticas sociais em saúde. Apesar do compartilhamento de vários conceitos e princípios fundamentais que vinculam Saúde e Direitos Humanos, as diferentes linguagens, perspectivas e ferramentas de ação trazem dificuldades teóricas e metodológicas a serem superadas na produção de conhecimento e na sua aplicação nas políticas, práticas e programas de saúde.


O site do LIDHS busca ser um canal de comunicação e propicie a interlocução com pessoas e grupos interessados na temática dos direitos humanos e saúde visando superar esses desafios e contribuir para a ampliação da discussão, reflexão crítica e do conhecimento científico. Nesse sentido, divulga atividades e compartilha com a comunidade científica e a sociedade civil materiais técnicos, científicos e didáticos selecionados e produzidos pelo grupo de pesquisa.


A iniciativa coordenada pelas professoras Miriam Ventura, Neide Emy K. Silva e Richard Parker, do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IESC/UFRJ), e conta com o apoio de uma equipe interdisciplinar de pesquisadores e estudantes do IESC/UFRJ e externos nesta tarefa. As atividades do LIDHS são desenvolvidas no âmbito da pesquisa, com diferentes projetos sobre a temática, e junto ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva – PPGSC-IESC/UFRJ, na linha de pesquisa: Construção social do acesso à saúde: Interfaces entre sujeitos, direitos e políticas, com orientações de mestrado, doutorado e pós-doutorado. No ensino atua a Residência Multiprofissional e Graduação em Saúde Coletiva. O LIDHS também oferece oportunidades de intervenção em projetos de extensão.




Interdisciplinary Laboratory for Human Rights and Health release its new site



Empirical evidence, recommendations and international efforts have emphasized the potential of the human rights approach to address local and global public health challenges, to guide, strengthen and / or reform laws, public policies and social practices in health. Despite the sharing of several fundamental concepts and principles that link Health and Human Rights, the different languages, perspectives and tools for action bring theoretical and methodological difficulties to be overcome in the production of knowledge and its application in health policies, practices and programs.


The LIDHS website seeks to be a channel of communication and foster dialogue with people and groups interested in the subject of human rights and health in order to overcome these challenges and contribute to the expansion of discussion, critical reflection and scientific knowledge. In this sense, it disseminates activities and shares, with the scientific community and civil society, technical, scientific and didactic materials selected and produced by the research group.


The initiative coordinated by professors Miriam Ventura, Neide Emy K. Silva and Richard Parker, from the Institute of Studies in Collective Health at the Federal University of Rio de Janeiro (IESC / UFRJ), is supported by an interdisciplinary team of researchers and students from IESC / UFRJ and other institutions. LIDHS activities are developed within the scope of the research, with different projects on the theme, and together with the Graduate Program in Collective Health (PPGSC –IESC / UFRJ), in the research line “Social construction of access to health: Interfaces between subjects, rights and policies”, with master's, doctoral and postdoctoral advisership. In teaching, LIDHS works at the Multi-professional Residence and Graduation in Collective Health. LIDHS also offers opportunities for intervention in extension projects.


14 visualizações0 comentário